Filho pode perder o resto do mês, diz chefe dos Spurs, Conte
Janeiro 7, 2022

Filho pode perder o resto do mês, diz chefe dos Spurs, Conte

Por Ricardo Marques
Ad

O técnico do Tottenham, Antonio Conte, teme que Son Heung-min possa ficar indisponível até depois do próximo intervalo internacional após a escolha do internacional da Coreia do Sul sofreu uma lesão muscular.

Son – que fez 21 jogos pelos Spurs em todas as competições nesta temporada, registrando oito gols e três assistências – saiu aos 79 minutos do 2-0 da Copa EFL de quarta-feira derrota na primeira mão das meias-finais contra o Chelsea em Stamford Bridge, mas Conte insiste que não foi por causa de uma lesão na altura. contra o Morecambe, da League One, o ex-técnico do Chelsea e da Inter disse que o jogador sentiu uma dor na perna no dia seguinte e fez um exame para avaliar o dano.

“Foi um situação estranha”, disse Conte a repórteres. “Contra o Chelsea, fiz duas substituições juntos, com Lucas Moura e depois com Son. Mas não por lesão, as substituições, mas apenas para tentar dar-lhes um pouco de descanso, 15 minutos de descanso.

“Aí no dia seguinte, ele sentiu um pouco de dor no músculo, em sua perna. Ele fez uma tomografia e agora temos que fazer a avaliação correta dos médicos. Ele está com uma lesão.

“Não sei, mas provavelmente ele ficará sem treinos até o final deste ciclo, antes do intervalo internacional.”

A próxima pausa internacional está marcada para o final deste mês, o que significa que Son não poderá jogar pelo Tottenham novamente até fevereiro.

3 – Son Heung-min já marcou o primeiro gol do Tottenham sob cada um dos três últimos treinadores permanentes (José Mourinho, Nuno Espírito Santo e Antonio Conte). Indução. pic.twitter.com/HiSlI2AuAL

— OptaJoe (@OptaJoe) 4 de novembro de 2021

será um grande golpe para Conte, com Son tendo criado mais chances (33) do que qualquer outro jogador dos Spurs nesta temporada, à frente de Lucas Moura (27), Harry Kane (21), Sergio Reguilon (20) e Emerson Royal (18). .

Conte também foi questionado sobre se houve discussões sobre possíveis entradas na janela de transferências de janeiro, ao que ele respondeu: “A primeira pessoa que quer melhorar a situação é com certeza nosso proprietário.

“Vou ter tempo para conversar, também com as pessoas que trabalham dentro do clube para tentar entender bem a situação, para perceber se existe a oportunidade de melhorar este plantel em este mercado de transferências. Mas acho que vamos fazer a mesma coisa que todas as equipes estão fazendo nestes dias.

“Temos duas maneiras de melhorar a situação, uma é melhorar o nível dos jogadores que temos no nosso plantel. Outra é implementar novos jogadores e melhorar a qualidade do elenco. Mas, como você sabe muito bem, janeiro não é fácil para ninguém. Então vamos ver o que acontece.”